Diretores do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) receberam, na manhã desta quarta-feira (22), o prefeito de Ananindeua, Daniel Santos, e secretários municipais, para tratar sobre mobilidade urbana do município, que repercute diretamente na Região Metropolitana de Belém. Entre os assuntos, foi abordado os projetos que devem melhorar condições viárias e aliviar pontos de estrangulamento, como os viadutos da rodovia BR-316 com a avenida Independência e da avenida com a rodovia Mário Covas, que estão em fase de processo de licitação pelo NGTM, como parte do plano de mobilidade projetado pelo Governo do Pará na região.

Na ocasião, os representantes de Ananindeua apresentaram uma proposta que visa solucionar, de forma emergencial, o gargalo no trânsito na rotatória do 40 Horas com a avenida Independência, problema que impacta outras principais vias. “A proposta emergencial é para que a gente tenha fluidez no trânsito e proporcione acessibilidade ao usuário da via”, comenta Thalles Belo, secretário de transporte do município.

A pedido do prefeito, o projeto será analisado pela equipe técnica do NGTM em conjunto com outros órgãos estaduais. “Que não percamos de vista uma solução definitiva na Independência que é uma via alternativa à BR e é de grande importância para a região metropolitana”, avalia o diretor geral do Núcleo, engenheiro Eduardo Ribeiro.

 

Veja Também